Hoje eu inventei de ler uns posts antigos por aqui e me doeu tanto... Não porque as coisas que eu falei nesses posts eram ruins, nada disso. Mas, porque a saudade de escrever daquela forma novamente tava tão presa dentro de mim que eu fico imensamente feliz agora de poder voltar aqui desse jeito mais sincero. Desse jeito "blog" mesmo que eu sempre quis e que por um bom tempo abandonei.

É engraçado como eu comecei esse blog há 4 anos e tem tanta coisa nele que ainda é exatamente a mesma coisa pra mim, depois de "todo" esse tempo. A gente fala que as pessoas mudam, mas muita coisa da nossa essência ainda fica ali, dentro da gente. Eu lendo esse montão de post que eu escrevi aos 18, é inacreditável como ainda se assemelha ao muito que eu penso agora aos 22. Claro, muita coisa muda, principalmente quando a gente recebe essas notificações aleatórias do Facebook nos lembrando de posts que compartilhamos... vem cada coisa de vez em quando que, olha.... mas enfim.

Fico feliz por não ter "me perdido" nesse quesito da essência, sabe? De ter mantido em mim muito do que eu acreditava anteriormente, por mais simples que essa coisa fosse. Fico feliz.

Que possamos manter mais da gente em tudo o que for bom, não interessa quantos anos passem.

Só seja bom.

2 Comentários

  1. Que bom que você não perdeu sua essência.

    Quando eu leio as minhas postagens antigas percebo que mudei bastante, e que não consigo me expressar através do blog como antigamente. Quando eu era mais adolescente e quase ninguém conhecia meu blog, eu escrevia muito mais o que eu pensava. Porém, com o passar do tempo, fui ficando com vergonha ou medo de escrever, infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, eu também tenho isso, de medo. É um puta troço desnecessário e lá no fundo a gente sabe, mas também sabemos como é ruim ser mal interpretada e acho que por isso a gente às vezes não opina tanto. Eu espero continuar como nesse meu "recomeço", mesmo sabendo que vez ou outra eu não vou falar de coisas tão
      "íntimas" ou reflexivas.

      Mas não tenha medo de escrever não. Escrever é uma das poucas soluções que nos liberta "rapidamente". ^^

      Excluir

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?