Fonte
Geralmente todo mundo passa por uma crise foda e existencial na vida. A minha chegou aos 23 anos - e parece que nunca mais vai embora.

A verdade é que eu ainda nem fiz 23 anos e já estou sentindo o peso deles.

As contas, o emprego que nem bem tenho, a faculdade que tranquei, a casa que ainda não comprei, os títulos ou realizações que ainda não tive, a comida que não aprendi a cozinhar, a aparência distaaaante da de uma "adulta" de 23. - Tudo começou a me incomodar de repente, e é como se eu não tivesse mais nada controlável nas mãos.

Como pode tudo isso surgir assim e, da noite pro dia, começar a pesar na minha vida?!

Entrei em uma crise existencial. Numa puta bad. Quando na vida me imaginei entendendo o que era "entrar numa bad"? E essa parece que não vai mais passar. Ainda faltam 5 meses pro meu aniversário de 23.

Quando isso passa? Quando a gente cresce? 

Eu preciso assinar um contrato onde comprometo 20 anos da minha renda inexistente pra que essa tal bad saia de mim, ou a gente só sai de uma bad pra entrar em outra infinitamente?

E a gente achava que a crise dos 30 era a primeira da vida de alguém. Ainda me faltam 7 anos pra chegar lá e eu já tô sofrendo nos 20...

Caralho. Daqui só 7 fucking anos eu já faço 30 anos de idade?! O que foi que eu já realizei na minha vida?!

8 Comentários

  1. Aiii depois dessa reflexão, agora somos duas! Eu já estava me sentindo assim, mas meio que piorou rsrs vou fazer 19 em breve e até agora não fiz nada de "extraordinário".. Bom, gostei muito da sua reflexão, apesar de me deixar um pouco pra baixo rs. De alguma forma, ela me deu um "sacode", tenho que fazer algo da minha vida que não seja, acordar, comer, dormir etc..

    Bjus e amei o novo layout do blog ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah meu deus, não fique triste! hsuahsauhsaushsu

      Às vezes a gente lê uma frase que acaba nos acordando, né? Se isso foi benéfico pra ti, que bom Maria Yasmin, de verdade! ^^

      E, sobre o layout: obrigada!

      Excluir
  2. Minha crise tbm não tem fim, tipo, eu vou fazer 21 esse ano, tenho uma filha e não tive nenhum crescimento de vida até hj :\

    Blog: Talo de Maçã ♥ |Fanpage ♥ |Instagram ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Gabbe, eu acho que em algum momento da vida todo mundo acaba por se sentir assim como estamos nos sentindo agora - o que, de certa forma, acaba por ser um pouco mais reconfortante. ^^

      Não sabia que tu tinha uma filhinha e, na minha humilde opinião, ser mãe já acaba por ser um crescimento e tanto na vida. Boa sorte pra ti. ^^

      Excluir
  3. Cara, esses dias tava me fazendo as mesmas perguntas! eu faço 23 em agosto, e até comentei aqui em casa em tom de brincadeira "poxa, daqui a 7 anos eu faço 30, como assim?!" Pessoal acha que quem é jovem não tem pq se desesperar, mas parece que esquecem o que é ter 23 :P
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hsaushaushaush mas não é?! Ser jovem não é sinônimo de calma e tranquilidade! hsuashaushushs

      Beijos!

      Excluir
  4. Pensava que era só eu nessa neura dos 23 anos, eu nunca tinha tido uma depre, única coisa que penso e como minha vida se encontra no momento, estou terminando a faculdade em um curso ridículo que não faz de mim a profissional que gostaria, não me dá dinheiro e nem oportunidades fáceis, como é ruim viver crises existencial, eu sempre me aconselhou a orar a Deus e entender meu propósito. Não quero apenas passar o dia deitada sem ânimo nem para dá atenção para as pessoas que amo. Vou superar eu creio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa moça anônima (o texto deu a entender que tu é menina, se me enganei desculpa), se tu tá sentindo o que eu senti (e muitas vezes ainda sinto) quando escrevi esse texto, eu espero de verdade que as coisas possam clarear pra ti. Viver nesse tipo de crise é algo que nos faz achar que esse sentimento jamais terá fim e a gente nunca quer preocupar os outros, né?

      Se tu quiser e te sentir mais confortável, me manda um email, vai que te ajuda, né? É blogaguriademoletom@hotmail.com ^^

      Excluir

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?