Foto: Thinkstock

Hoje acordei e vi nos trending topics que a hashtag #QueJunhoTraga estava em 1o lugar. Não cliquei, mas imaginei que seria algo sobre altas expectativas depositadas logo no primeiro dia do mês.

Coitado do dia 1. Não deve ser fácil viver com essa pressão toda por dias melhores para os outros. 

É interessante, pq a gente só entende a magnitude disso pensando no réveillon. Quantas horas decorando a casa, escolhendo uma roupa mais ou menos e preparando os ritos de passagem de um ano a outro.

Tudo porque o calendário acabou.

Imagine se fizéssemos um réveillon pra cada vez que o mês acaba? Não teria a mesma graça e importância, né? Mas, então, porque é que a gente deposita votos de uma vida melhor em uma virada de mês, toda vez?

Acho que é porque precisamos ter algo acima da crença humana que nos faça acreditar que amanhã vai ser melhor. Que mês que vem tudo vai dar certo. Que o ano que vem vai ser o ano.

Mas o que a gente faz pra que tudo isso aconteça? Qual a nossa parcela de responsabilidade quando o assunto é ter uma vida melhor?

É aquela coisa: Pro mês ser bom pra ti, tu tem que ser bom pro mês. E fazer por onde.

Aí sim, quem sabe, a mágica dos meses que se iniciam finalmente acontece.

Boa sorte. 


2 Comentários

  1. Muito bom! As pessoas querem a felicidade, mas esquecem que também tem uma parte no trabalho!
    Um beijo!

    ResponderExcluir

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?