Eu não vou mentir pra vocês: Eu penso nisso muito seguidamente e, na maioria das vezes, só me dou conta que estamos morrendo todos os dias, quando a vida dá um salto ou leio coisas que me fazem ter esse estalo mental.

O qq eu ia ter deixado e o que eu ia ter vivido, realmente?

Eu infelizmente sou uma pessoa que é muito motivada pelo medo e por coisas ruins. Explico: Geralmente quando tudo vai bem, ou ao menos eu acho que está tudo bem, eu não ligo de agir exatamente como ajo todos os dias, sem muito pensar e sem muito fazer.

Mas aí, basta um novo atentado invadir a internet e cenas horríveis chocarem o mundo, pra que eu me pegue pensando no que é que eu já fiz na minha vida e que realizações eu já conseguiria ter, se esse fosse o meu último dia na vida. É horrível de se pensar, se você não tem esse tipo de motivação.

O pavor, o medo e a tristeza são as coisas que mais me movem. E eu odeio isso. Odeio tanto quanto saber que a minha reação instantânea pra praticamente tudo o que me acontece, é chorar. Só Deus sabe o quanto eu detesto chorar. Deus e todas as pessoas que já me viram chorando graças a um belo estado de nervos.

Hoje eu li uma frase que me fez ter outro estalo desses: "Se você descobrisse que está morrendo, você seria mais agradável, amaria mais, tentaria algo novo? Bem, você está. Todos nós estamos".

Vocês não têm ideia de como isso me impactou, de novo. É como se a vida estivesse, todos os dias, me enviando sinais de que eu deveria agir mais e resolver o que eu preciso, mesmo que nem todas as coisas dependam só de mim. Não é novidade pra ninguém que vem aqui ler meus textos o fato de que eu estou muito deprimida com a vida e que me vejo em um ciclo muito difícil de sair por mim mesma. Mas que eu vou ter que sair. De algum jeito.

Vocês se sentem realizados com a vida que levam hoje? Vocês tomaram as decisões que gostariam? Vocês fizeram o possível pra viver o que queriam realmente? Ou vocês só existem e respiram sobre a Terra nesses últimos dias?


E se tu morresse amanhã: Quem sofreria?

Deixe um comentário

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?