Todas as vezes, em todos os minutos do dia, a gente tá morrendo um pouco mais. Eu não quero que isso te assuste e tu corte a tua leitura pelo meio e saia daqui. Nada disso.

Só, é confuso e complicado como em quantos momentos da vida nós morremos. Já parou pra pensar nisso? 

Morremos quando não falamos de nossos sentimentos, morremos quando não abraçamos uma última vez, morremos quando não sorrimos de uma piada boba dita em momento tenso, só pra tensão passar.

Morremos quando brigamos, quando nos desentendemos com as pessoas, quando nos magoamos, quando choramos. Morremos quando não desejamos boa noite, antes de adormecer. 

Morremos quando não agradecemos, morremos quando não percebemos o quão sensacionais somos e não nos reconhecemos mais no espelho.

Fingimos viver enquanto cumprimos obrigações, mas vemos nossos sonhos desacordados, soterrados.

Quando é que se vive, vive mesmo, no meio da morte?


Deixe um comentário

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?