Esse é o segundo post da série Run to the Blog e, se tu não faz ideia do que eu tô falando, faça o favor de clicar aqui.

Hoje a gente vai falar sobre uma coisa que tem acontecido com muitos blogueiros, vloggers/youtubers e humanos em geral nessa coisa chamada internet: O desânimo para criar alguma coisa bacana. 

Se rolou uma identificação e tu tá quase arrancando a tua própria cabeça, te acalma e vem comigo, ok? Sensacional então.

Antes de qualquer coisa, eu quero que tu entenda uma coisa aqui: Ter desânimo em relação ao conteúdo que tu gostaria de estar postando ou, mais ainda, em relação ao teu blog como um todo é perfeitamente normal. Já aceite isso de início, pq aqui ninguém está te julgando por isso. Pelo contrário.

Também deixa eu avisar que esse post ficou enoooooorme, mas eu espero de coração que possa ajudar vocês.

Sei que já contei isso antes, mas acho importante dizer que eu mesma passei quase 2015 inteiro sem postar um único OPA, TUDO BOM? aqui no blog. Eu tinha embarcado em outra empreitada da minha vida que, basicamente, consistia em produzir conteúdo em outro blog e fazer isso se tornar a minha fonte de renda. Alguns de vocês conheceram esse blog: É o Letras Pulsantes e estou numa fase de fazer dele uma espécie de empresa online pra produção de conteúdo.

O qq eu quero dizer com tudo isso? Bom, é bem simples: A tua vida não gira em torno do blog e obviamente vai ter mil coisas fora da internet que dependem da tua energia e dedicação (como os trabalho da escola/faculdade, o emprego novo ou a nova busca por um emprego decente, a tua família, a tua casa, os teus animais, a vida toda) e possivelmente o tempo de blogar vai se tornar algo mais pesado e inexistente. 

Houveram muitos momentos em que eu pensei em desistir aqui do Guria de Moletom (é sério, não foram poucos) e, no entanto, agora eu tô aqui trabalhando em um projeto coletivo pra unir e ajudar outras pessoas que também já passaram ou estão passando exatamente agora por isso. Mas é aquele ditado: Ninguém sabe o dia de amanhã. Hoje estamos aqui blogando, amanhã eu posso decidir que vou vender bolo pras pessoas. A gente nunca sabe.

Tá, Carina, foco PELO AMOR DE DEUS. Ok. o qq você enquanto blogueiro que está desanimado pode fazer para contornar essa situação por vezes enlouquecedora e tristonha:

Se entenda. Geralmente a gente acha que tá desanimado do nada e que assistir uma seriezinha ali, uma musiquinha aqui vai resolver todos os problemas e logo estaremos contentinhos de novo, mas NÃO: É preciso pensar ao menos um pouco no motivo pra esse desânimo ter chegado e ficado na tua existência. Em relação ao blog, pode ser pq você se colocou uma pressão e obrigação absurda em relação à frequência de postagens, sabe? Eu vivi muito isso aqui no blog e lá no Letras e, por isso, o desânimo em blogar me visitou algumas vezes.

O blog é teu. Tu não pode transformar algo legal, leve e prazeroso em um verdadeiro sacrifício desesperado por conteúdo toda segunda de manhã (como eu fazia). Criar conteúdo de qualidade e verdadeiro não é bem assim, requer um tempo, uma reflexão e dedicação que não se tem MESMO mecanicamente, mas nem a pau.

Parar, dar uma pausa e respirar pode ser bem saudável. E aqui eu nem tô falando necessariamente do blog, tô falando de ti mesmo, pequeno gafanhoto estressado. Eu sou uma pessoa que fica nervosa muito fácil e, por consequência, enfrento enxaquecas e enjoos loucos quase que semanalmente, dependendo do período de estresse. Não se prenda a um conteúdo que você nem está conseguindo produzir de verdade só pq SE PROMETEU postar. Às vezes é mais vantagem só se afastar da página ou, se achar que deve, postar um textinho avisando a tua ausência no blog.

Anote as coisas todas. A gente que tem blog sabe que, muitas vezes, uma ideia surge do nada e socorro Jesus Cristo se a gente não anota ela na hora, pq ela se vai, assim como veio. Ter uma listinha com os possíveis temas de posts pro teu blog pode ser a salvação pra aquelas horas em que tu nem sabe mais sobre o que postar - mas que quer pq quer postar alguma coisa legal. Eu já fiz uma lista enorme nas férias de verão e meio que não postei metade do que tinha dito na lista, o que nos leva ao próximo tópico.

Tem posts que precisam da sensação original. Não adianta tu me dizer que dá exatamente na mesma escrever hoje um post sobre o show que tu foi ontem e escrever sobre esse mesmo show só daqui 2 meses, quando tu tiver um acesso decente à internet ou o que mais tu precisar para estar no blog. 

Eu atualmente tenho escrito muitos posts aqui do blog num bloco de notas do celular e aí só posto depois com alguma imagem que tenha a ver com o assunto. É mais eficiente e verdadeiro com quem está lendo, pq muitas vezes a gente sente a energia do evento só pela maneira como a pessoa escreveu. Se não for pra escrever com o teu coração, é melhor nem escrever na maioria das vezes. O app que eu uso pra isso é o Wunderlist, que também funciona como gerenciador de tarefas e pode ser acessado pelo computador.

Em tempos de inspiração, use posts agendados! Eu não sei se tu tem um blogger ou wordpress, mas ambos te possibilitam agendar um post pro dia que tu bem quiser. O wordpress é mais organizadinho e obediente, então o dia e hora que tu configurar pra ele postar, ele vai postar. Enquanto isso, tu pode editar o post todas as vezes que quiser (não que não possa depois que postar, mas tu entendeu). Já no blogger eu demorei um pouquinho pra entender essa mecânica ridícula que ele tem: Ele não posta na data agendada se tu configurar data e hora e deixar o post nos rascunhos. Tu precisa escolher a data e a hora que teu texto vai sair e POSTAR o conteúdo. Dessa maneira ele vai entender como "opa, dia tal eu posto isso for real". Por mais louco que pareça, isso vai funcionar. Eu não sei se isso é só com o meu blog, talvez o teu blogger seja mais obediente, mas foi fazendo isso que eu consegui agendar alguns posts meus.

Anyway, aproveite aqueles dias de inspiração pra blogar (talvez bem raros, dependendo de como você está agora) e tente escrever mais de um post, agendando cada um ao longo dos tempos. Isso te dá mais tempo pra pensar em um conteúdo novo. Mas lembre: Tu não é obrigado a postar coisa nova toda vez se não se sentir à vontade pra isso, ok?

Qualquer coisa pode ser um post, cabe a ti decidir se vai blogar sobre isso ou não. Aqui no blog mesmo eu já fiz inúmeros posts aleatórios - tantos que costumo definir o blog como um blog sobre aleatoriedades - e tudo bem falar sobre o que tu bem quiser, afinal, como eu já disse, o blog é teu.

Aceite o desânimo. Eu sei que esse conselho tu raramente vai ouvir de alguém e, talvez não leia em outro blog e nem veja isso num vídeo, mas é uma coisa que tu precisa aceitar. A gente constantemente tenta se sobrecarregar de coisas boas e mil afazeres na nossa vida pra soterrar todos os problemas de um jeito que a gente nem se lembre deles. Sabemos que isso não funciona e vai funcionar menos ainda se tu não entender que todo mundo desanima em muitos momentos da vida e pelas mais diversas razões: Tu não está ok pra criar conteúdo e essa situação te deixa ainda pior (pq o ser humano tem a tendência ótima de jogar pra baixo o que já está no chão), então relaxa, migo.

Com o tempo tu vai ter uma nova ideia, uma nova anotação no bloquinho e, se permite uma observação: Às vezes é bom que a gente se sinta assim, pra se forçar a relaxar de vez em quando. Se tu não respira, tu enlouquece (e morre, se for literal - não faça isso).

Por fim, se inspira em outros blogs, em novas páginas, novas playlists: Sempre tem um blogueiro precisando de apoio na rede e é algo meio cíclico: Com certeza a inspiração vai voltar pra ti. ♥

O que tu já fez quando te sentiu desanimado em blogar? Eu tenho a sensação de que as pessoas precisam também das tuas dicas pra se sentirem ajudadas, então, me fala nos comentários se eu esqueci de alguma coisa, tá? Eu também quero anotar umas dicas extras. ^^

Até mais!
-
Quer fazer parte do grupo mais maravilhoso e engajado da blogosfera? Pois se inscreve na newsletter do blog, amiguinho! É só confirmar a inscrição por email (e clicar em todos os 'subscribe' que te aparecem - eu ainda tô tentando arrumar isso, deculpa! hsaushauhs)

Quero receber essas novidades no meu e-mail!

* indicates required




2 Comentários

  1. Adorei o post, se encaixou totalmente na minha situação de agora, de volta a blogosfera e tal. Parabéns Carina por essa iniciativa! Que venham mais posts tanto do blog no geral como dessa categoria! Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito muito obrigada, Thamyris! São comentários assim que fazem com que a minha motivação para o projeto não acabe. ^^

      Excluir

Que tal deixar um comentário bem maneiro aí?